Otites

Aproveitando o dia mundial da Audição (3 de março) para falar sobre as conhecidas e temidas otites!
As otites são as infecções de ouvido, causadas geralmente por bactérias. São mais comuns em crianças (até 3 anos de idade), mas podem acontecer em qualquer idade.
Diferentes fatores podem causar esta infecção que também pode ser de diferentes tipos (externa, média, aguda, crônica e etc). 
As consequências da otite são preocupantes. Além da dor, a hipoacusia (diminuição da audição), mesmo que temporária, durante a infância pode gerar problemas de desenvolvimento fala, linguagem e do processamento auditivo.
Nas crianças pequenas pode ser difícil identificar o problema, pois dependendo da idade elas
não capazes de expressar o que estão sentindo. E, em alguns casos, a dor pode não aparecer como sintoma. Por isso, é muito importante ficar atento às mudanças de comportamento da criança, principalmente após um quadro de resfriado. Os bebês podem puxar a orelhinha, ficar mais irritados e apresentar febre. As crianças maiores, quando não referem dor ou ouvido tampado, podem se mostrar mais desatentas também. Realizar o acompanhamento no pediatra também ajuda muito na identificação precoce das otites.

     12825665_1130863166947095_1383566289_n

As otites podem ser tratadas pelo médico otorrinolaringologista ou mesmo pelo pediatra. Uma investigação deve ser feita para identificar a causa da infecção, principalmente em casos de recorrência. Crianças com rinite alérgica, por exemplo, apresentam maior risco de sofrer com otites. Nesses casos de recorrência o acompanhamento médico e fonoaudiológico são fundamentais!